dossiê.jpg.jpg

Inventário para Registro e Salvaguarda da Capoeira
como Patrimônio Cultural do Brasil

A capoeira percorre um longo período até chegar como há conhecemos hoje. Estando presente em mais de 150 países, tendo seu registro mais antigo no Rio de Janeiro do século XVII, como conta Nireu Cavalcante no livro Crônicas Históricas do Rio Colonial . Mas, pode ter suas raízes em períodos mais longínquos e distantes, há mitos que dizem ter sido trazida por escravos africanos. Com uma história que transcende séculos, a capoeira não poderia ficar à mercê do esquecimento. Sendo assim, necessário criar uma ligação entre o passado e o presente deste bem cultural brasileiro e com intuito de preservação e salvaguarda, que nos anos de 2006 e 2007 o Governo Federal, através do IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, desenvolveu este importante trabalho em parceria com um grupo multidisciplinar de profissionais e estudiosos das universidades federais da Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro e da Federal Fluminense.